Katy Perry e sua mudanças.

Vamos pegar nossa máquina do tempo e voltar para o ano de 2007. Ligamos o rádio... Era um ano ruim para a música pop, principalmente entre as mulheres. Ouvíamos nos topos das paradas, Rihanna e seu single chiclete Umbrella. Depois, a baladinha de Fergie chamada Big Dirls Don't Cry e na sequência, uma Britney Spears fora de forma tentando emplacar mais um sucesso com Gimme More .



Nesse cenário aparece uma menina com rosto delicado, estilo pin-up chamando a atenção. O fim do ano já se aproximava, quando o single Ur So Gay é lançado. Enquanto as outras meninas cantavam sobre relacionamentos, fragilidade  e submissão feminina, essa garota dizia “ (Eu não posso acreditar que me apaixonei / Por alguém que usa mais maquiagem do que eu) “



Aos 23 anos, Katy emplacava o primeiro sucesso, que chegou ao topo das paradas nos EUA, mas ainda não era o seu ápice. O ano agora é 2008 quando o single  I Kissed a Girl é lançado. Aquilo era sensual, quente, lésbico. Era contestador. Era demais!
Assim, a carreira de Perry foi impulsionada para o topo das paradas mundiais – inclusive no Brasil...


Mais cor e Menos pegada 

Agora, saindo da máquina do tempo, Katy Perry chega ao segundo disco aos 25 anos e noiva do comediante inglês Russel Brand. O erotismo e o bom humor de sua nova safra conseguem manter o nível do CD anterior, e logo em sua estréia, Teenage Dream lidera a Billboard, no topo dos 200 discos mais vendidos.



O segundo disco da cantora é mais eletrônico, colorido, sem a pegada pop rock de I Kissed a Girl, por exemplo, mas o sex appeal continual com ela, em Califórnia Girls, com praias quentes do oeste americano,  e o espírito festeiro não morreu. Last Friday Night é outro grande exemplo disso, onde o primeiro verso já diz tudo “There’s a strange in my bed (há um estranho em minha cama, na tradução literal)

Peacock é quase obsceno. “Eu quero ver o seu pavão” começa ela, no primeiro refrão e logo mostra que não está pedindo para ver um pássaro que ele tem “vamos lá, baby, me deixe ver o que você tem embaixo“

Ufa, quente essa garota hein? E vocês curtem as musicas Katy?



Veja outras materias do Blog  clicando Aqui

15 comentários:

Anônimo disse...

ela arrasa!

Anônimo disse...

Sou muito fã dela, e admiro muito o trabalho dela, além da personalidade dela, a simpatica, a beleza, enfim ela é a melhor!
E 2010 é o ano de Katy Perry *-*

Larie disse...

Eu amo *-* Além das músicas serem legais ela é linda e MUITO estilosa. Adoro.

Ana Luana disse...

Uau! Fantástico!

Agregue Links também nesta Rede Social:

http://migre.me/1hPvF

Anônimo disse...

que bosta.
ela é mais uma cantona normal...com musiquinhas chiclete de rádio; esse post forçou demais...

Anônimo disse...

Eu gosto tanto das músicas dela como da Katy como pessoa, ela canta muito bem e cada um das musicas dela tem um significado importante e marcante pra mim. Ela é diva, katy <3

Ana disse...

casa comigo katy!! *-*

Anônimo disse...

faltou falar de Hot 'n cold,
adoro a katy!!!!

Gustavo disse...

que bosta.
ela é mais uma cantona normal...com musiquinhas chiclete de rádio; esse post forçou demais...

Anônimo disse...

aff que bosta.
ela é mais uma cantona normal...com musiquinhas chiclete de rádio; esse post forçou demais...
vai ouvir rádio q preste como bbc radio 1 vc ouve musikas bem melhores do q esse lixo

Anônimo disse...

PUTA

Maria Eduarda disse...

acho ela linda e gosto das musicas dela

Anônimo disse...

Adooooooooooooooooro a Kaety!

michlle disse...

o cara de teenage dream é uma delícia (6)

Andréia disse...

Eu acho que ela é só mais uma piriguete que está tendo seus diazinho de fama, mas daqui a alguns anos ninguém mais vai se lembrar de quem ela foi. Ridícula. E o pior é aguentar pessoas comparando ela com Zooey -.-

Postar um comentário